NO GRANDE ABC 31% DOS CICLISTAS USAM A BICICLETA PARA IR AO TRABALHO

NO GRANDE ABC 31% DOS CICLISTAS USAM A BICICLETA PARA IR AO TRABALHO

Levantamento feito pelo SESC – Serviço Social do Comércio, de Santo André, em parceira com a Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, revela que 31,66% dos ciclistas da região do ABC, na Grande São Paulo, utilizam a bicicleta em seus deslocamentos como meio de transporte.

Em toda Região Metropolitana de São Paulo, 997 ciclistas opinaram sobre o assunto. Na região do ABC 319 ciclistas, ligados a dez grupos que se reúnem com regularidade para pedalar,  participaram do levantamento, desse total , 101 pessoas declararam que utilizam, ao menos, uma vez na semana a bicicleta como meio de transporte.

A justificativa das pessoas para deixaram  regularmente seus veículos em casa ou trocaram o transporte público pela bicicleta está na praticidade, rapidez e nos ganhos com qualidade de vida. Esse mesmo levantamento, ainda aponta que 42% desse grupo de pessoas utiliza a bicicleta combinada a serviços de transporte público como ônibus e trens.

Um dos maiores problemas apontados por uma grande parcela dos entrevistados para não utilizar a bicicleta todos os dias da semana  é a falta de ciclovias ou ciclo-faixas. Juntamente a esse argumento também aparecem a falta de segurança no transito e o desrespeito por parte dos motoristas.

Problemas estruturais em ciclovias e ciclofaixas da região que não recebem expansão há dois anos foram apontados  por vários ciclistas que responderam à pesquisa. Ao serem questionados sobre a nota que eles dariam para os espaços exclusivos de suas cidades, numa escala de zero a dez, 89,04% dos participarem deram avaliação até cinco, ou seja, disseram que as condições são ruins ou péssimas.

A região do Grande  ABC com uma população que ultrapassa os 2,7 milhões de habitantes,  tem apenas 30,8 quilômetros de ciclovias espalhados por quatro cidades (Santo André, São Bernardo, São Caetano e Mauá) – um número tímido e que revela a carência de infraestrutura urbana.

Fotos: Divulgação

(DGABC)

Admin

22 Novembro 2017

Mobilidade

Comentários

Destaque

O bom desempenho dos ciclistas britânicos nos Jogos Olímpicos do Rio2016 teve repercussão direta na comercialização de bicicletas pela internet e em lojas físicas no Reino Unido. O comércio comemora as vitórias com aumento no faturamento, e deixa claro que quando o esporte tem planejamento este se torna uma ótima ferramenta de promoção e de negócios