CICLOVIA DE PLÁSTICO RECICLADO QUE ARMZENA ÁGUA DA CHUVA É INAUGURADA NO MÉXICO

CICLOVIA DE PLÁSTICO RECICLADO QUE ARMZENA ÁGUA DA CHUVA É INAUGURADA NO MÉXICO

Ciclovia construída para testes na Floresta de Chapultepec oferece recursos temporários de armazenamento e drenagem de água e é feita de mais de 1 tonelada de resíduos plásticos, o equivalente a meio milhão de tampas de garrafas plásticas

A ciclovia  da Floresta de Chapultepec,  na Cidade do México,  está sendo usada como piloto para o uso de um material rodoviário pré-fabricado e adaptável ao clima, feito de plástico reciclado. O trecho teste da ciclovia  no Bosque Chapultepec  foi desenvolvido pela empresa holandesa PlasticRoad é  feito de mais de 1000  kg  de lixo plástico - o equivalente a meio milhão de tampas de garrafas de plástico.  

A instalação do sistema e sua   solução de infraestrutura inteligente e adaptável ao clima inédito na América Latina é o resultado de uma colaboração entre o desenvolvedor da tecnologia, a PlasticRoad, a comunidade de empresas Orbia, a Secretaria de Mobilidade da Cidade do México (Semovi) e a Secretaria de Meio Ambiente da Cidade do México (Sedema).

Na apresentação dessa nova infraestrutura, Sameer Bharadwaj, CEO da Orbia, disse:  “Na Orbia, trabalhamos na interseção de materiais básicos e avançados e soluções de infraestrutura que promovem a vida em todo o mundo. Com a parceria do governo local, SEMOVI e SEDEMA, estamos orgulhosos de inaugurar a PlasticRoad na Cidade do México e apoiar esta incrível capital global e seus cidadãos na jornada para a resiliência climática".

Atualmente, a Cidade do México e sua grande área metropolitana estão enfrentando desafios para a captação de água potável, decorrentes de uma população crescente (mais de 22 milhões de pessoas e aumentando), chuvas fortes causadas pelos efeitos combinados das mudanças climáticas, poluição devido à geração de resíduos plásticos e infraestrutura envelhecida. Com precipitação anual recorde de mais de  600 milhões  de metros cúbicos  , os problemas de gestão da água na Cidade do México afetaram a disponibilidade de água potável e a qualidade de vida dos cidadãos.  

 “Uma iniciativa como esta combina a ideia de buscar a mobilidade sustentável na cidade com a ideia de dar nova vida ao lixo plástico  como material reaproveitável para a construção de uma nova infraestrutura. Acreditamos que juntos podemos construir uma cidade melhor. Uma cidade com futuro sustentável”, afirma a secretária da SEDEMA.

O design modular da ciclovia de plástico oferece armazenamento temporário de água e recursos de drenagem, ideal para promover o armazenamento de água durante chuvas extremas, além de estar integrado com tecnologia de sensor para monitoramento e gerenciamento de superfície.

Ao infiltrar gradualmente a água da chuva volta ao solo,  com isso os períodos de seca também terão um impacto menos negativo na área. Além disso, sua durabilidade e natureza de baixa manutenção significam uma pegada de carbono reduzida em até 72% ao longo de sua vida útil em comparação com as estruturas rodoviárias tradicionais. 

Eric Kievit, diretor administrativo da PlasticRoad, afirma: “Nosso terceiro piloto no México é uma oportunidade de testar nosso produto sob um conjunto diferente de condições climáticas. o que nos fornecerá dados significativos para explorar mercados internacionais fora de nosso país de origem (Holanda) no futuro”.

(Plastic Road)

Admin

08 Abril 2021

Mobilidade

Comentários

Destaque

O bom desempenho dos ciclistas britânicos nos Jogos Olímpicos do Rio2016 teve repercussão direta na comercialização de bicicletas pela internet e em lojas físicas no Reino Unido. O comércio comemora as vitórias com aumento no faturamento, e deixa claro que quando o esporte tem planejamento este se torna uma ótima ferramenta de promoção e de negócios